24 de março de 2012

Se achas que és sempre absolutamente fantástica, pensa que vai haver sempre alguém, que te vai achar uma boa bosta...



Todos nós, volta e meia temos uma alter ego equiparado a um super-herói, ou uma figura pseudo-omnipotente...
Mas bons bons, só somos em nossa casa, no nosso trabalho, e as vezes sabe Deus.

Aceitemos a diferença e a dimensão do outro... 

Sem comentários: